História

"

CORREIOS DE CABO VERDE UMA DAS INSTITUIÇÕES MAIS ANTIGAS DO PAÍS. EXISTENTE DESDE 2 DE JANEIRO DE 1849.

Os Correios de Cabo Verde é uma das instituições mais antigas do país. Existe desde 2 de Janeiro de 1849, quando o Governo Geral da Província de Cabo Verde mandou publicar no Boletim Oficial o Regulamento para o serviço dos Correios das ilhas, retificado pela Portaria nº 170-A, de 1852.

 

A inspeção geral dos Correios era da competência do Governador-geral dos Correios do arquipélago e das Praças de Bissau.

Com a independência do país e da própria exigência de desenvolvimento, foi transformada numa empresa pública, em Julho de 1981, denominada pela Empresa Pública dos Correios e Telecomunicações – CTT- EP.

 

Fruto de uma nova política do governo para o setor e com a liberalização econômica dos anos 90, houve a necessidade de separar as atividades de telecomunicações das atividades dos serviços postais, para que as das telecomunicações pudessem ser privatizadas. Foi então que, em 1995 , se deu a cisão dos CTT- EP em duas sociedades anônimas, passando a empresa do setor postal a designar-se por Correios de Cabo Verde, SARL. Normalmente, em termos breves, a empresa dos Correios é designada por CCV.

 

Ao se dotar os CCV do estatuto de sociedade anônima, pretendeu-se, desde logo, muni-la de mecanismo para uma gestão com um grande grau de autonomia de modo a fazer face aos desafios que eram já conhecidos nessa época através dos estudos de viabilidade.

 

Os CCV passa a ter como objeto principal a exploração do serviço público de correios em todo o território nacional e a executar as convenções, acordos e regulamentos internacionais ligados à área dos correios.

 

O Decreto - Lei nº 93, de 31 de Dezembro de 1997, aprovou o Regulamento do Serviço Público de Correios, que contém as normas gerais reguladoras do estabelecimento, exploração e uso público do serviço público de correios, designado também por serviço postal.

Última atualização em 18 de Outubro de 2019 às 15:30